Alimentação saudável….Qual é a sua desculpa?

Barbara de Almeida Araujo

 Qual é a sua desculpa para sair de uma alimentação saudável?

Um estudo efectuado em 2000 mulheres verificou que 2/3 das mulheres admitem procurar uma razão para desistirem da dieta e 84% das mulheres desistem da dieta mais cedo do que esperavam.Na verdade a maioria das desculpas apresentadas não tem qualquer fundamento real. Este estudo, revelou que a razão tem a ver com o facto de se procurar um motivo para sair da dieta sem se ter tanto peso na consciência.
A razão mais popular é “ Eu tive um mau dia”, sendo usada por 41% das mulheres. De seguida surge “Era o meu aniversário” e “Não consegui resistir”.
Os investigadores verificaram que o chocolate é o alimento mais propenso a causar o abandono da dieta, seguido de bolos, pão e batatas fritas. 85% dos entrevistados também admitiu que acha que teriam tido mais sucesso na perda de peso se simplesmente passassem  a comessem alimentos mais saudáveis ​​ao invés de cortar certos alimentos completamente.
Muitas mulheres começam uma dieta com intenção de cumpri-la, mas algumas mulheres parecem usar qualquer desculpa para poderem sair da dieta. Se é algo que faz com frequência (desistir da dieta usando qualquer desculpa), uma dieta com alimentos ricos em proteína irá ajudar a sentir-se saciado durante mais tempo e desta forma ajudar a resistir mais facilmente às tentações, o que pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso da sua dieta.

Top de desculpas usadas para desistir/quebrar a dieta:

1.     Tive um dia mau
2.     Era o meu aniversário
3.     Tinha um almoço/jantar com amigos
4.     Precisava de me animar
5.     É dificil comer de forma saudável se está frio
6.     Tenho-me portado bem por isso mereço esta recompensa
7.     Não tenho força de vontade
8.     A vida é muito curta
9.     Fui comer fora e não resisti
10.   Estava aborrecido/entediado

 

 
 

Então que  estratégias posso usar para manter  uma alimentação saudável?

– Faça snacks ligeiros entre as refeições principais e sempre que começar a ficar com fome. Se esperar até à hora da refeição principal vai ficar com mais fome e vai estar mais propenso a comer mais e mais depressa. Sugestões: Coma gelatina 0% açúcar, 10g de frutos secos ou um ovo cozido sempre que tiver fome.
– Não esteja muitas horas sem comer. Procure fraccionar a alimentação e evite estar mais de 3 horas sem comer.
– Não se esqueça de tomar o pequeno-almoço. Pesquisas demonstram que pessoas que tomam o pequeno-almoço tendem a ser mais magras e têm mais sucesso na perda e manutenção de peso, do que as pessoas que saltam o pequeno-almoço.  Incluir uma fonte de proteína (como por exemplo o leite, iogurte, queijo magro ou fiambre de aves) e alimentos ricos em fibra (cereais integrais, pão de cereais,…) no seu pequeno-almoço vai ajuda-lo a manter-se saciado durante a manhã e a manter os níveis de açúcares estáveis.
– Não tenha em casa alimentos que não façam parte da sua dieta, no entanto abasteça o seu frigorífico e despensa com alimentos que pode comer. Livre-se das bolachas, chocolates, batatas fritas, aperitivos, etc, pois se tiver estes alimentos em casa mais tarde ou mais cedo vai come-los.
– Prepare comida para levar para o trabalho. Tenha sempre alimentos saudáveis consigo. Uma boa opção é levar para o trabalho snacks hiperproteicos e levar o seu próprio almoço em vez de comer no restaurante mais próximo. Assim tem a certeza que vai fazer uma refeição equilibrada.
– Quando comer fora faça escolhas saudáveis. Se for a um restaurante ou tiver uma festa procure fazer opções saudáveis. Abuse da salada, evite os salgadinhos, opte pela fruta como sobremesa em vez dos doces, coma alimentos proteicos (carne magra ou peixe).
– Sirva-se em pratos mais pequenos. A mesma porção de comida parece maior quando servida num prato mais pequeno (Sim, porque os olhos também comem).
– Não vá ao supermercado com fome, faça um pequeno lanche hiperproteico (um iogurte por exemplo) antes de ir as compras. Isto vai evitar que compre muito mais alimentos do que na realidade precisa.
– Se sentir que cometeu excessos não faça jejum no dia seguinte e não fique a sentir-se culpado. Uma alimentação saudável não se resume apenas a uma refeição. Retome a sua alimentação normal e faça escolhas equilibradas nas próximas refeições.
– Aumente a actividade física diária. Não tem tempo para ir ao ginásio? Então sempre que possível utilize as escadas em vez do elevador; Se for de carro procure estacionar um pouco mais longe ou se for de transportes saia na paragem anterior e faça o restante percurso a pé; Aproveite a hora de almoço para fazer uma pequena caminhada de 10 a 15 minutos; Se tiver cão aproveite quando o for passear e faça uma caminhada mais longa.
São pequenas alterações nos seus hábitos diários mas que podem fazer a diferença.
O que faz para manter uma alimentação saudável e equilibrada?



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *