Outono: O que comer nesta época do ano

Barbara de Almeida Araujo
Imagem tirada daqui

No Outono os dias ficam mais curtos e as noites mais frias. Com isto as pessoas tendem a passar mais tempo em casa, sentem-se mais tristes, deprimidas (isto porque ocorre uma diminuição dos níveis de serotonina) e sentem mais fome ou vontade de comer.

Temos tendência a diminuir a ingestão de alimentos crus como frutas e verduras e a aumentar o consumo de alimentos, quentes, reconfortantes e calóricos (quando está frio o nosso metabolismo tende a aumentar, já que o corpo tem de gastar mais energia para manter a temperatura corporal). 
Para além disso com a chegada do tempo frio ficamos mais vulneráveis a infecções respiratórias como a gripe e a constipação.
Algumas dicas:

  • Coma frutas ricas em Vitamina C (laranja, tangerina, clementina, kiwi, dióspiro, castanha, marmelo) fortalecem o sistema imunitário, tendo um papel preventivo de gripes e constipações.
  • Troque as saladas por legumes cozidos, salteados em azeite, estufados ou grelhados.
  • Coma sopa;
  • Em vez de fruta fresca pode optar por comer fruta cozida ou assada (marmelo, maçã e pêra são óptimas opções);
  • Se tem dificuldade em beber água no outono opte pelo chá. É uma óptima opção para aquecer o corpo e ao mesmo tempo hidratar. No entanto não deve adicionar açúcar ao chá para não adicionar calorias;
  • Coma espinafre, brócolos, espargos, feijão, vegetais de folha verde escura. São ricos em ácido fólico, um antidepressivo natural;
  • A Abóbora contém ferro, cálcio, Vitaminas A, E e do complexo. Sendo um excelente anti-inflamatório e regulador do sistema nervoso. Coma abóbora assada no forno (um delicioso acompanhamento para carne assada por exemplo) ou coloque na base da sua sopa. 
  • Inclua alimentos que podem ajudar a controlar a ansiedade;
  • Coma alimentos integrais e ricos em fibra, pois aumentam a saciedade e melhoram o trânsito intestinal.
Tenha uma alimentação equilibrada, cuidado para não aumentar de peso nesta época fria. Coma de tudo um pouco mas sem excessos. 


Imagem tirada daqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *