Zinco: Um Mineral Importante

Barbara de Almeida Araujo
O Zinco (Zn) é um oligoelemento muito importante para o nosso organismo. Está presente em quase todas as células, principalmente ossos, pele e cabelo.

Funções

O Zinco desempenha funções importantes a nível:
– Sistema imunitário
– Síntese de DNA
– Crescimento e desenvolvimento
– Fertilidade e reprodução
 – Metabolismo dos macronutrientes (proteínas, lípidos e glícidos)
– Sistema Respiratório
– Performance desportiva
– Neutralização de radicais livres (acção antioxidante)

Sintomas de carência de zinco
Alguns sintomas de carência de zinco incluem:
– Perda de apetite
– Alteração do paladar
– Problemas digestivos
– Vómitos e diarreia
– Problemas no sistema imunitário
– Problemas de pele e cicatrização
– Cegueira nocturna
– Queda de cabelo
– Problemas de crescimento nas crianças e retardamento da puberdade
– Baixa produção de esperma
– Fadiga

Dose Diária Recomendada
A dose diária recomendada (DDR) de zinco é de 15 mg para homens e 12 mg mulheres. Contudo, este valor pode variar ligeiramente em alguns casos, nomeadamente em grávidas e mulheres que amamentam. Entre os grupos mais carentes deste mineral estão também os consumidores abusivos de álcool, os diabéticos e pessoas com doenças do fígado. Não são conhecidos efeitos tóxicos resultantes da ingestão de zinco até 150 mg por dia. (Fonte: Associação Portuguesa de Dietistas)

Fontes Alimentares de Zinco
Ostras, Pinhão, Caju, Queijo flamengo, Mexilhão, Vaca, Amendoim, Amêndoa, Fígado, Gema de ovo, Noz, Pistácio, Amêijoa, Coração, Avelã, Pão trigo integral, Rim, Porco, Atum, Peru, Carapau, Robalo, Frango. 

Factores que influenciam a absorção de Zinco
Ácido fítico e Fibras Os fitatos encontram-se essencialmente nos cereais integrais e leguminosas. Reduz a absorção de Zinco. As fibras reduzem a absorção de Zn, para além disso alimentos ricos em fibras são também ricos em fitatos.
Proteína– A quantidade de proteína ingerida na dieta inflência a quantidade de Zn absorvida.  Uma dieta rica em proteína normalmente é rica em Zinco já que alimentos proteicos são geralmente boas fonte de Zn. Proteínas de origem animal (carne, ovos, queijo) apresentam efeitos antagónicos ao ácido fítico. Pelo contrário a caseína do leite diminui a absorção de Zn. A proteína de soja não afecta a absorção de Zn (no entanto é de salientar que a soja contém também ácido fítico).  
Ácidos orgânicos – Podem auxiliar na absorção do zinco ingerido (ex: ácido cítrico, lático, butírico, fórmico). 


Fonte


Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *