Introdução Alimentar: Baby Led Weaning ou Método Tradicional?

Etiquetas:,

Barbara de Almeida Araujo
A introdução de novos alimentos deve ser iniciada por volta dos 6 meses. Até aos 6 meses a alimentação do bebé deve ser feita exclusivamente com leite materno e em livre demanda e se possível deve-se manter o aleitamento complementar até aos 2 anos de acordo com a Organização Mundial de Saúde.

Esta fase pode ser muito desafiante pois nem sempre corre como esperamos. Para o bebé é tudo novo e esta é mais uma fase de novas descobertas, novos sabores, cores e texuras.

A introdução pode ser feita de duas formas: pelo método tradicional e pelo Baby-Led Weaning (BLW).

No Método Tradicional os alimentos são introduzidos sob a forma de papas, sopas e fruta esmagada ou em puré.

No Baby Led Weaning (método criado por Gill Rapley, uma consultora em saúde e parteira britânica) os alimentos são oferecidos em pedaços e o bebé, dentro daquilo que lhe é oferecido, escolhe o que quer comer e a quantidade que quer.

Actualmente o BLW tem vindo a ganhar popularidade no entanto muitos pais ainda têm dúvidas e receios acerca deste método. O bebé não se vai engasgar? Se for aplicado correctamente não há riscos, os bebés têm o chamado gag reflex (uma espécie de ânsia do vómito) que é uma defesa natural.  O risco de engasgamento é o mesmo que no método tradicional, mas claro que devemos estar alerta. Será que o bebé vai comer tudo o que precisa?Aqui a palavra chave é CONFIANÇA.Temos de confiar neles. Claro que ao início não vai comer tudo, vai mais brincar, esmagar e atirar para o chão do que outra coisa mas vai tendo contacto com os alimentos, sentindo as texturas, distinguindo as suas cores, cheiros e sabores. Como posso começar e que alimentos devo oferecer? Noutro post falarei mais em pormenor mas brócolos, couve-flor, banana são bons alimentos para começar. Os alimentos não devem cozer demasiado nem estar muito duros. Resulta bem oferecer os alimentos sob a forma de palito de forma a que o bebé consiga agarrar.

Vantagens do BLW sobre o método tradicional: Estimula a motricidade fina, incentiva a autonomia e mastigação, promove as refeições em família, tem benefícios físicos e emocionais.

Em ambos os métodos numa fase inicial é necessário algum tempo e paciência. No caso do BLW há que estar disposto a limpar o chão porque vão sujar e vão sujar-se muito, mas faz parte.

Então mas qual é o melhor método? Não há.
Acredito que os pais devem fazer aquilo que acham que resulta melhor para eles e para o bebé. Acima de tudo é preciso que se sintam confiantes e à vontade com o método escolhido. Se não estiverem prontos ou não tiverem a informação suficiente para aplicar o BLW podem começar com o método tradicional e mais tarde tentarem o BLW, quando sentirem que estão preparados (pais e bebé), ou fazerem um método misto, ou seja, oferecer sopa/papa e disponibilizar alguns alimentos em pedaços para o bebé experimentar, sentir a textura, cheirar.

Dica para uma introdução alimentar saudável: Tranquilidade e confiança, sobretudo nos nossos bebés. Confiem neles, vai tudo correr bem!

Se tiverem dúvidas sobre os métodos ou como aplicar estejam à vontade para colocarem as vossas dúvidas por email.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *