10 Alimentos Anti-inflamatórios e exemplo de plano alimentar para combater a inflamação

maniasde-admin

A alimentação assume um papel muito importante não só na prevenção da inflamação mas também no alívio dos sintomas associados a certas patologias.

Quando o organismo é alvo de uma infeção causada por fatores externos (trauma, queimadura, infecção viral, bacteriana ou fúngica, ou outras), o sistema imunológico desencadeia um processo inflamatório. Esta inflamação é uma resposta natural do organismo e visa destruir os agentes agressores.

Algumas inflamações são crónicas como é o caso da artrite reumatóide, doença de crohn ou fibromialgia. Nestes a adopção de uma alimentação saudável que inclua determinados alimentos com propriedades anti-inflamatórias é essencial para melhorar a qualidade de vida.

O consumo de certos alimentos como hidratos de carbono refinados, alimentos processados, enchidos e fiambres promovem a inflamação.  Por outro lado uma dieta rica em antioxidantes e isenta de produtos processados ajuda a combater a inflamação

 

10 Alimentos Anti-inflamatórios

 

Abacate – Rico em gordura monoinsaturada, carotenoides e tocoferóis. Estes compostos protegem contra a inflamação e ainda reduzem o risco de cancro.

Frutos vermelhos – Contêm antocianinas, substâncias com acção anti-inflamatória.

Uvas – Tal como os frutos vermelhos possuem antocianidas. Além deste composto são ricas em resveratrol, um polifenol com elevado poder antioxidante.

Curcuma –  Esta especiaria contém curcumina que ajuda a inibir uma proteína que regula o sistema imunitário e que desencadeia processos inflamatórios. É especialmente eficaz na artrite e diabetes.

Tomate – Rico em licopeno, um antioxidante com potentes propriedades anti-inflamatórias. imunológico. A inclusão de um sumo de tomate por dia pode ajudar a reduzir os principais marcadores de inflamação associados a muitas doenças degenerativas.

Brócolos – Contém sulforafano, um composto com propriedades anti-inflamatórias e anti cancerígenas.

Gengibre – O gingerol, substancia ativa, reduz os níveis de inflamação aguda e crónica.

Chocolate negro – Possui diversos antioxidantes que reduzem a inflamação. Devemos escolher sempre um chocolate com >70% de cacau. O consumo de 2 quadrados por dia não interfere no peso, podendo ser inserido até numa dieta de emagrecimento.

Alimentos ricos em ómega 3 – Peixes gordos, sementes e nozes ajudam a reduzir o processo inflamatório.

Quinoa – Repleta de antioxidantes que podem reduzir a inflamação, especialmente nos tecidos gordos e nos intestinos.

 

Exemplo de plano alimentar para combater a inflamação

 

Pequeno-almoço Papas de aveia com curcuma + 3 nozes (metades)
Meio da manhã 150g de frutos vermelhos + sementes
Almoço Salmão grelhado com brócolos e quinoa

2 quadrados de chocolate negro

Lanche  Chá verde + ovos mexidos com abacate
Jantar Frango com gengibre, batata doce e salada de tomate com orégãos. 1 copo de vinho tinto

 

Manias de uma Dietista, Alimentação Saudável para todos.
Famílias Saudáveis e Felizes!

 

 

2 Comments on “10 Alimentos Anti-inflamatórios e exemplo de plano alimentar para combater a inflamação

    1. Olá Rita.Comer hidratos de carbono à noite não engorda necessariamente, vai depender de vários factores como a sua ingestão alimentar diária, actividade, profissão entre outros. Cada caso é um caso, por exemplo se estiver a seguir uma dieta hipocalórica e treinar ao fim do dia, não vejo razão para cortar nos hidratos à noite, mas se estiver a seguir uma dieta com controle a nível de hidratos de carbono e à noite chegar a casa jantar e for dormir já é outra coisa, se calhar pode fazer mais sentido ingerir hidratos mais cedo até para controlar a fome...mas lá está, só avaliando cada caso individual ;-) Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *